Sofre com alergias? Confira quais tratamentos de ponta para você aliviar esse problema

Veja quais procedimentos mais recomendáveis para tratar das alergias

As alergias são bastante comuns. Tanto nos genes quanto o ambiente desempenham um papel importante como gatilho para este problema de saúde. O sistema imunológico normalmente protege o organismo contra substâncias nocivas, tais como bactérias e vírus. Ele também reage a substâncias estranhas chamadas de alérgenos, que são geralmente inofensivas e, na maioria das pessoas, não causa algum problema.

Porém, em uma pessoa com alergia, a resposta imunológica é hipersensível. Quando se reconhece um alérgeno, o sistema inicia uma resposta imunitária. Produtos químicos, como a histamina, são liberados em seu organismo, causando sintomas alérgicos.

Dentre eles, os alérgenos mais comuns são:

– medicamentos;

– poeira;

– comida (principalmente frutos do mar e/ou amendoim);

– veneno de insetos;

– mofo;

– animais;

– pólen.

Uma alergia não é geralmente transmitida de família (herdada). No entanto, ambos os pais têm alergia, provavelmente a criança tente a ter alergias. As chances aumentam se a mãe possuir algum tipo. Alergias podem tomar certas condições médicas, tais como problemas de sinusite, eczema e asma, os piores.

Reações alérgicas graves (anafilaxia) precisam ser tratadas com um medicamento chamado epinefrina, que pode ser salva vidas quando administrada imediatamente. A melhor maneira de reduzir os sintomas é evitar o que causa suas alergias. Isto é especialmente importante para os alimentos e medicamentos alérgicos.

Existem vários tipos de medicamentos e tratamentos para prevenir e tratar alergias. O médico alergista irá recomendar o procedimento correto, dependendo do tipo de gravidade dos seus sintomas, sua idade e saúde em geral.

A imunoterapia é, por sua vez, recomendada se você não pode evitar o alérgeno e os seus sintomas. São usadas vacinas para manter seu corpo impedido de reagir ao alérgeno. Receberá injeções regulares do alérgeno. Cada dose é um pouco maior do que a última dose até uma dose máxima ser atingida. Estas vacinas não funcionam para todos, e você terá que visitar o médico com frequência, conferindo a efetividade do tratamento para acabar com a alergia.

Procure um médico alergista para se informar melhor sobre os tratamentos contra os problemas de alergia. Cada caso é um caso.