Saúde peniana: como evitar que fungos lhe incomodem?

Veja as dicas de como evitar o fungo no pênis

As infecções por fungos são mais comuns em homens do que em mulheres. Entretanto, uma vez que essa condição é bem mais frequente no sexo feminino e é facilmente transmissível aos parceiros, é possível que os homens seja atingidos por uma infecção peniana por fungos, principalmente se são circuncidados.

Não importa a quem afete, ela é causada pelo excesso de cândida no corpo. Alguns sintomas incluem dor, irritação, vermelhidão, inchaço e até mesmo pequenas bolhas na cabeça do pênis e prepúcio, bem como corrimento parecido com queijo coalhado.

Como evitar e se livrar dos fungos no pênis?

Para evitar que esse mal contamine seu amigo, preste atenção:

1) Adquira um creme vaginal com efeito fungicida (por exemplo: miconazol), aplique o creme sobre o pênis, ele irá causar um alívio da coceira e reduzirá a vermelhidão, a dor e o desconforto na região;

2) Lave seu pênis em água morna misturada com duas colheres (sopa) de vinagre branco. Faça isso aproximadamente duas vezes por dia, caso seja necessário, faça mais vezes. O vinagre é ácido e ajuda a combater os fundos que estão presentes no seu pênis;

3) Ao dormir, não utilize cueca, desta forma seu pênis ficará bem arejado. Mantendo a região peniana bem limpa, seca e bem arejada, os fungos acabarão tendo maior dificuldade para se multiplicar. Os fungos, principalmente a cândida, gostam de ambientes quentes e úmidos;

4) Mantenha uma alimentação que possua vários alimentos ricos em probióticos como o iogurte e o queijo cottage. Estes alimentos possuem bactérias inócuas que agem no sistema digestório, auxiliando na redução do número de fungos que acometem o seu pênis, além de ajudar a amenizar os sintomas causados por eles;

5) Procure um médico, ele prescreverá medicamentos que combatem os fundos de acordo com a sua necessidade.

Candidíase

A candidíase, infecção causada pelo fungo denominado de Candida albicans, possui cura se você realizar o tratamento corretamente, de acordo com as orientações médicas.

No entanto, é preciso ficar muito atento quando esta doença se manifesta com frequência, pois isso pode indicar hábitos de vida inadequados que vem gerando ambiente úmido e quente, propício a proliferação dos fungos.

Para evitar esta infecção é preciso que os homens evitem utilizar cuecas úmidas, deixando-as secar ao sol; relações sexuais com mulheres portadoras do fungo; e cuidados com o pênis, deixando-o sempre bem limpo e arejado. Evitando cuecas que possuam o tecido muito quente e espesso.

Procure sempre um médico especialista. Além de dar o diagnóstico devido, ainda irá lhe auxiliar para a melhor forma de se livrar do fungo. Tenha sempre em mente a importância dos cuidados. Seu amigo agradecerá.