Quebrar tabus: profissões femininas que os homens passaram a dominar

Preconceito e quebra de tabu, o homem está conquistando espaço nos trabalhos considerados femininos

Passou o tempo em que os homens e mulheres não desempenhavam a mesma função. Hoje, uma mulher pode trabalhar em um canteiro de obras, enquanto um homem ganha a vida vendendo cosméticos. As mulheres foram para o mercado de trabalho “masculino”, e os homens invadiram as profissões que, antes, eram desempenhadas por mulheres.

Contudo, toda minoria acaba chamando mais atenção. Por isso, a mudança de áreas entre os sexos pode gerar certo preconceito por parte da maioria. Justamente por acharem que “não é serviço de homem”, ou que tone o mais afeminado – o que não faz sentido algum.

Até se pode arriscar dizer que há uma mudança cultural nesse sentido. Boa parte por conta da globalização e das novas gerações, que são mais abertas do que as de antigamente, tem a tendência de que não faça mais a distinção entre os sexos e, desta forma, não exista ramos exclusivos para mulheres ou para homens.

Secretário

Há quinze anos não havia registro de homens nessa categoria. Hoje, eles são 10% do total de profissional, segundo um estudo feito pela SINSESP.

A carreira do Secretariado mudou o perfil na década de 1990. O mercado exigiu ampliação de tarefas, atuação estratégica e nova doutrina na pesquisa científica, valorizando que os profissionais do Secretariado busquem os mestrados e doutorados e garantindo empregabilidade também na área acadêmica. Fato importante: que os homens se interessaram pela profissão, trazendo um forte componente de “miscigenação” no gênero e assim mais profissionalização, deixando para trás a ideia de uma profissão exclusivamente feminina.

Homem na cozinha

O dito machista que lugar de mulher é na cozinha já foi por água abaixo há muito tempo, e mesmo com o aumento do número de grandes chefes mulheres, ainda assim são os homens que dominam os guias estrelados dos restaurantes ao redor do mundo.

Se pegarmos, por exemplo, a lista anual promovida pela revista britânica Restaurant, nos 10 primeiros postos são todos homens. Ou seja, tem muito homem ganhando rios de dinheiro esquentando a barriga no fogão.

Salão de beleza

Entender a cabeça das mulheres é um desafio que muitos homens tentam cumprir. E, mesmo lidando diretamente com elas, os homens que trabalham em um ambiente cheio de mulheres garantem que ainda têm dúvidas sobre como entender o sexo oposto.

Normalmente as mulheres acreditam que homens que trabalham em salões de beleza são homossexuais – o que não é mentira –, mas a parte que não é passa por um processo de aceitação de si próprio e das clientes. Trabalhar em salão é saber entender cada cliente.

 

 

Em pleno século 21, a mudança de papéis no trabalho está cada vez maior. Muito comum lermos que as mulheres estão ocupando cargos que antes eram somente de homens, mas o que se tem observado é que eles também toparam trocar de papéis, fazendo coisas que antes era só para mulheres.

É hora de quebrar tabus.