Quanto devo cuidar com a minha exposição no Snapchat?

Veja os cuidados e as consequências que se deve tomar ao usar o aplicativo Snapchat

Com o aumento de adolescentes e adultos que utilizam a tecnologia de smartphones, um aplicativo ganha destaque entre eles: o Snapchat. É uma nova mania das mídias sociais que vem ganhando cada vez mais este público.

O que torna esse aplicativo tão atraente? Em primeiro lugar, o Snapchat é uma oportunidade dos adolescentes, jovens e adultos se expressarem entre seus amigos e familiares. A capacidade de tirar uma foto boba de si mesmo e enviá-la para seus colegas, juntamente com o feedback instantâneo, não é apenas uma oportunidade para celebrar a sua individualidade, mas ganhar a popularidade.

Talvez a maior atração do Snapchat seja no sentido de que, principalmente, os adolescentes e jovens possam operar fora do radar dos pais e orientadores, por assim dizer. Justamente porque no Facebook, Twitter, Instagram, os pais estão lá presentes em seus círculos, em grande parte consciente da atividade que acontece através desses serviços.

O Snapchat dá uma ilusão de segurança quando se trata em tirar imagens inadequadas e enviá-las para seus amigos. Muito por causa da promessa de autodestruição das imagens, faz aumentar o uso indevido de imagens íntimas de adolescentes e jovens, livres de evidências permanentes.

Mesmo que a captura da tela seja alertada para o remetente do Snapchat, isso não elimina a possibilidade de quem recebeu a imagem em capturar a foto e usá-la como quiser.

É possível capturar a tela usando o print screen, sendo que a única defesa do aplicativo seria identificar quem capturou a tela e avisar o remetente, como citado. O que não impede que outra câmera ou celular grave o conteúdo que é mostrado no aparelho, tornado o aplicativo um perigo.

O Snapchat com certeza carrega um risco para os adolescentes, jovens e também para os adultos que compartilham conteúdos “sexting” – fotos nuas e seminuas –, o que faz com que podem ficar expostos ao assédio moral, à fraude e às agressões sexuais e pedófilos, com efeitos colaterais negativos do uso do aplicativo.

É uma pena, mas cada vez mais e mais adolescentes, jovens e adultos estão mandando fotos com conteúdo sexual para outros telefones e sites de redes sociais. Entenda que fazer disso uma prática “normal”, não é algo saudável. Se expor dessa forma causa constrangimento e pode virar até caso de polícia com o uso indevido da imagem. Saiba usar o aplicativo de forma descente, consciente e madura. É importante para você, para sua imagem e  para seu bem estar.