Quais procedimentos devo tomar para eliminar os primeiros sinais da idade?

Veja como identificar para posteriormente entrar em procedimento contra os primeiros sinais da idade

O tempo passa para todo mundo, infelizmente isso é fato. Passar por muito estresse, ter hábitos ruins como cigarro, excesso de consumo de bebidas alcoólicas e má alimentação, os sinais do tempo começam a aparecer antes dos 40 anos, agravando posteriormente.

 

A famosa “barriguinha”

A gordura em excesso e a falta de atividades físicas, resultam em uma protuberância da barriga após os quarenta anos.

O estilo de vida comum, com empregos estressantes e uma alimentação repleta de conteúdos calóricos, promovem a gordura abdominal no corpo. A maior preocupação dos especialistas é que esse típico acúmulo de gordura na região da barriga eleva os riscos de doenças cardíacas, alguns tipos de câncer e diabetes do tipo 2.

Com a idade chegando, o corpo tende a perder massa muscular, reduzindo o consumo de energia. É onde podemos observar que, nessa idade, pessoas tornam-se menos ativas, pois se a pessoa queima menos calorias e não varia sua dieta, de fato irá ganhar peso e irá aumentar a circunferência abdominal.

Procedimento: segundo alguns pesquisadores, a maneira mais eficaz de prevenir esses problemas é adotar um estilo de vida saudável e encontrar alguma forma de gastar a energia acumulada. Uma alimentação equilibrada, rica em vegetais, frutas e fibras, melhora o desempenho e evita o estresse no trabalho. Alimentos industrializados, com alto teor de gorduras, calorias e sódio, só fazem mal ao organismo.

 

Envelhecimento da pele

A perda de elasticidade e do brilho natural, algumas rugas e flacidez são os sinais mais característicos. Porém, não é só o tempo que faz com que essas mudanças aconteçam. Sol, cigarro e bebidas também influenciam para que a pele adquira uma condição mais enrugada.

Quando se é adolescente, um dos primeiros sinais do envelhecimento da pele é o surgimento da acne. Depois dos 20 anos, aparecem marcas de expressão bem finas, principalmente ao redor dos olhos e da boca.

Ao alcançar os 30 anos, os sinais das primeiras rugas são visíveis, uma vez que as fibras de elastina sofrem alterações e, com isso, acontece a diminuição da densidade cutânea, com a perda da firmeza e elasticidade, afetando o contorno do rosto. A renovação celular e a hidratação natural da pele começam a diminuir também, mas de forma lenta.

Entre os 40 e 50 anos, as fibras de colágeno e elastina não são produzidas como antes e as fibras se desorganizam, deixando a renovação celular irregular e fazendo com que a pele perca cada vez mais a hidratação.

Após os 60 anos, as já aparecem claramente, a perda da elasticidade e da firmeza é notada de forma óbvia e ela se torna muito mais fina e desidratada. Nesse período, mais do que nunca, é necessário tratar com os produtos apropriados para que não descame e não fique tão seca.

Além disso, tomar sol em horário inadequado (das 10 às 16 horas) sem protetor solar também causa danos. O sol tem efeitos cumulativos, ou seja, na hora que você abusa, consequência é uma vermelhidão seguida de escamação, mas, depois dos 30 anos, as rugas e as manchas aumentam, efeito conhecido como fotoenvelhecimento.

Procedimento: peelings e outros tratamentos à base de ácidos costumam serem os mais indicados, mas a medica evolui sem parar: muitos princípios ativos vêm sendo empregados para diminuir os efeitos do tempo na pele. As vitaminas antioxidantes, como as vitaminas C e E, são benéficas tanto por via sistêmica como tópica e apresentam, ainda, ação fotoprotetora discreta que, somada aos benefícios dos filtros solares, melhora também a formação de colágenos.

 

Calvície

Causada por características genéticas, a calvície tem influência hereditária e está associada a uma sensibilidade à testosterona, que afeta o crescimento dos cabelos. Os primeiros sinais podem aparecer ainda na adolescência, mas o mais comum é que sejam percebidos entre os 25 e os 40 anos. O principal sinal é a mudança da característica do cabelo, que passa a crescer progressivamente mais fino até ser completamente eliminado.

Os homens devem ficar atentos a esses sinais e procurarem um dermatologista assim que notarem as primeiras alterações. Isso porque quanto antes começar o tratamento, melhores serão os resultados.

Procedimentos: existem tratamentos que ajudam a melhorar a condição capilar do homem, como é o exemplo das loções de minoxidil. Por ser um vasodilatador, o minoxidil seria capaz de estimular a circulação sanguínea e mandar mais oxigênio e nutrientes para os folículos capilares. Assim como abrir os canais de potássio nas membranas celulares, que controlam várias funções e interferem no ciclo de vida dos cabelos.

Apesar de que ele não afeta diretamente a produção e atividade do hormônio di-hidrotestosterona (DHT), principal causador da perda de cabelos, como citado, os resultados obtidos com o minoxidil só serão efetivos se permanecer com o tratamento sem interrupções. Caso contrário, o problema poderá voltar.