Meias coloridas: como usar e por que apostar?

Veja onde, quando e as melhores combinações para esse estilo ousado

Quando falamos em meias coloridas, o que vem na mente de cada um são meias com desenhos geométricos, como, por exemplo, losangos, quadriculados e listrados. Todavia, o que mal sabemos é que as cores sólidas, como azul, verde, vermelho, vinho, amarelo, etc., também entram no “grupo”.

O legal dessas meias é que não tem uma regra específica para combinar, o homem apenas deve se preocupar com o efeito que quer proporcionar. Para aqueles que querem chamar a atenção, tons mais quentes e contrastantes são aconselháveis; para os mais discretos, cores mais escuras, parecidos com a tonalidade da calça. Tanto no jeans como no social são excelentes opções para quem opta em usar as meias coloridas, ou seja, combinam com todo tipo de roupa. Assim como as opções em estampa, que devem ter um pouco de cuidado redobrado: roupas padrão são mais aconselháveis, quando há muita estampa poderá carregar demais sua produção. Há variadas opções de escolha, mas escolha a que irá realçar o seu look. Não esquecendo que calças com o comprimento até a canela ou com a barra dobrada são mais viáveis para usá-las. As barras das calças sobem, mas para o homem moderno isso é apenas um meio para inovar. Assim as meias coloridas vêm para mostrar todo o seu poder.

Na Europa, essa tendência é forte. No Brasil, infelizmente ainda vê elas (as meias) como meias de palhaço. Está na hora de quebrarmos esse tabu e apostar nas meias coloridas. Podemos encontrá-las em todos os lugares, desde estampadas até as mais simples. Além do fato de que podem ser usadas para todos os eventos – mas variando na sua coloração e estamparia dependendo do evento (mais escuras para os formais, mais coloridas para os informais). As meias coloridas trazem um tom de elegância, sofisticação e alegria para quem as usa, assim para o ambiente que estará. O homem moderno mantém sua aparência em estado límpido. Não tenha medo de aderir essa tendência. Use e abuse da criatividade na hora da produção.