Gravata por dentro: como e onde usar?

Conheça mais sobre esse estilo comum na Europa

Mesclar elementos sociais com peças utilitárias é uma forma prática de juntar tendência ao seu guarda roupa do dia a dia. Elas quebram a monotonia e acrescentam funcionalidade sem deixar de lado a elegância.

Uma forte tendência surgiu há tempos atrás, mas continua presente até os dias atuais, é a gravata dentro da camisa, ou conhecido como “gravata estilo militar”. É justamente uma inspiração uma inspiração nos trajes militares das duas guerras. Entretanto, o que traz de novo é justamente a mistura de peças casuais como o jeans, a camisa e o tênis.

Comum na Europa, esse tipo de produção é diferente, pois as pontas delas ficam por dentro da camisa, escondidas a partir da metade, mais ou menos. Sendo que possuem modelos bem contrastantes, mas outros combinando os tons das peças – o que deixa mais discreto de certo modo.

E se você quiser arriscar nesse estilo, procure usar sempre o modelo de gravata skinny, pois elas são mais finais e marcarão menos a camisa. E quanto as roupas, procure fugir das camisas sociais tradicionais, use uma trabalhada, com uma costura diferente, slim, ou até mesmo as militares.

Uma dica para não errar é usar a gravata por dentro de uma camisa de manga longa, podendo dobrá-las à vontade. E se decidir usar com blazer, opte pelo slim.

Usado preferencialmente para um dia de lazer, uma ida à balada, um jantar mais elegante, ou até mesmo usado para o trabalho (se o seu permitir esta estilização), esse estilo é elegante e versátil para se adaptar aos ambientes mais casuais.

– estilo que remete ao militar;

– usado com a mistura entre social e casual;

– jeans e tênis são bem-vindos;

– esqueça as camisas sociais, aposte em camisas com diferentes costuras;

– perfeita para lugares com um pingo de seriedade, mas nada tão burocrático.

 

E aí, vai para dentro ou para fora?