Frio e seus cuidados: como o homem pode se cuidar no inverno?

Quando a temperatura cai, os cuidados aumentam

Que os homens são completamente diferentes das mulheres, isso já não é novidade, o que talvez ainda não soubesse era que a pele masculina é ainda mais distinta da feminina. Os homens têm a pele mais oleosa e rica em colágeno, ou seja, naturalmente mais bem protegida contra o envelhecimento. Entretanto, devido ao perfil hormonal também muito variável, os rapazes têm a cútis mais espessa (mais “grossa”). Mesmo assim, vale lembra que dependendo dos estímulos externos – como a temperatura, a pele oleosa, pode ficar desidratada.

Por isso, ao chegar os dias mais frios, além de manter a pele sempre limpa, é recomendável o uso frequente de hidratantes. No inverno o nível de umidade do ar fica mais baixo e a poluição mais concentrada e, para piorar, é também quando se ingere menos água. O resultado? Pele seca, lábios rachados e descamação da pele. O maior problema não é o fato de ficarmos apenas com a pele mais seca, sem brilho e áspera, ela fica muito mais sensível, sujeita a alergias e infecções. Portanto, o cuidado e a atenção devem ser realmente redobrados.

Tome banhos mais mornos e rápidos: a água muito quente resseca a pele e retira a oleosidade natural. Uma boa opção são os sabonetes líquidos hidratantes, que reúnem as duas opções em uma.

Use cremes hidratantes: lembre-se que existem cremes específicos para cada área do corpo, principalmente para quem possui problemas de pele como acne, ressecamentos, manchas, etc. A escolha do creme ideal é primordial, pois evita que a pele resseque e descame. Uma pele bem hidratada também ajuda a diminuir a oleosidade, que acaba causando cravos e espinhas.

Use protetor solar: por estar no frio, muitos acham que não existe essa necessidade, mas o raio sola chega a sua pele independente da temperatura, sendo assim use sempre, passando pelo menos duas vezes ao dia – o ideal é de 3 em 3 horas). Para o rosto, também procure protetores especiais, pois varia de pessoa para pessoa.

Beba bastante água: seguindo essa ideia de hidratação, as coisas devem começar de dentro para fora. Mesmo no inverno, e principalmente durante, tomar muito água traz resultados visíveis. Uma rotina de ingestão de pelo menos 1,5 L é sentida tanto na pele quando no organismo como um todo, que funciona melhor. Outra coisa que ajuda muito é turbinar a alimentação com frutas e verduras, sem falar em um bom sono de no mínimo 8 horas.

Lábios e extremidades: logo que o frio chega, essas áreas são as que sentem primeiro, por serem mais sensíveis. A dica é prevenir lábios rachados ou até feridos. O mesmo cuidado vale para cotovelos, mãos e pés, que também sofrem com as baixas temperaturas. Um bom protetor labial e dermocosméticos voltados para essas áreas são a melhor alternativa. Por isso, carregue sempre um hidratante labial no bolso.

 

Não se esqueça também

Da barba: para quem tem barba, o inverno é também uma época que precisa de cuidados especiais. Ao fazê-la é bom utilizar tanto o pré-barba quanto o pós-barba, evitando foliculites e pelos encravados. O ideal é barbear-se pela manhã após o banho, com a pele ressecada e os pelos amolecidos, recomenda-se executar movimentos mais curtos e precisos.

Para quem prefere aproveitar a tendência e cultivar a barba nesses meses, a dica é utilizar produtos para deixá-la mais macia e tratada.

Dos cabelos: banhos quentes estimulam a oleosidade capilar, que pode levar até a descamação. O mais indicado é lavar com água morna e retirar bem o shampoo e condicionador. Também é válido secá-los antes de sair, sem exagerar na temperatura do secador. E para proteger os fios, basta usar hidratantes para cabelo que sejam leves e não oleosos.

Dos exercícios: a atividade física também merece atenção com o frio. Em temperaturas abaixo de 15ºC, o corpo passa a ser agredido, por isso é sempre bom ir bem agasalhado. Para quem não dispensa os exercícios ao ar livre, é importante proteger bem os pés, mãos e cabeça. Sair de casa com várias camadas e só tirar quando o corpo estiver bem aquecido é o mais correto.

 

Mal entramos no inverno e o tempinho frio já começa a danificar a pele. Por mais que no começo pareça imperceptível, os problemas causados pelo frio vão aumentando e causando sensações cada vez mais desagradáveis. Por isso, quando essa estação chega, existe uma necessidade de criar novos hábitos e cuidados com a pele, principalmente a do rosto. Cuide-se.