Dicas para remexer o armário: faça novas combinações e deixe seu look com outra cara!

Veja as opções de looks e onde usá-los

Ao longo dos anos, o estilo masculino foi diminuindo em quantidade de peças; chapéus, coletes, sapatos lustrosos e suspensórios perderam progressivamente a vez e a praticidade de um bom jeans com camisa, por exemplo.

Porém, ostentar um guarda-roupa recheado de opções não combina com a rotina do dia a dia da maioria das pessoas, que precisam tomar decisões rápidas que transitem do dia para a noite, do casual para o social. No momento “escassez” em que o mundo vive, ter menos nunca foi tão importante.

Traje esporte

Peças: calça jeans, gabardine ou sarja, camisa de manga curta e sapato. Esta combinação é perfeita para ambientes informais, ou seja, é mais simples e ideal para eventos durante o dia.

Um cuidado com a escolha das meias: evite as cores claras, principalmente brancas. Combine a meia com o sapato ou então é melhor dispensá-la.

Traje esporte fino

Peças: blazer, gravata (ou sem) ou terno completo, camisas e sapatos. Mais caprichado que o esporte, mas não tão sofisticado que o social.

Dica: são excelentes para o dia, mas se for usá-los à noite prefira o terno escuro. As camisas podem ter botão no colarinho e os sapatos podem ser de amarrar. Um modelo menos clássico, evitando sapatos com brilho como os envernizados.

Traje esportivo

Peças: camisetas dry fit, shorts e bermudas de tactel, tênis de corrida, bonés, regatas, jaquetas corta-vento e moletons. São peças voltadas para a prática esportiva, seja para academia ou para uma partida de futebol, tênis, vôlei, entre outros, visto que são as vestimentas mais adequadas que compõem um traje esportivo e que são indispensáveis.

Além do mais, são convocadas para atividades em que é exigida maior movimentação e que sejam resistentes contra impactos gerados por elas, além, é claro, do aumento do aquecimento extremo do corpo.

Traje para lazer

Peças: camiseta, camisa ou pólo, bermuda em sarja, jeans ou alfaiataria, calça em sarja ou jeans, sapato ou tênis e cinto. Esta combinação é perfeita para um passeio mais informal, como um passeio com a família, amigos ou com a companhia.

Dependendo de como estiver a temperatura, opte por bermudas e camisetas pólo, caso calor, que são mais confortáveis e mais fáceis para se escapar das altas temperaturas.

Já o cinto, invista no de tecido. O de couro é usado apenas para eventos ou ocasiões mais formais. Porém, lembre-se: é importante que o cinto seja contrastante com a produção. Por isso, cinto de cores neutras (preto, cinza) são as melhores opções, visto que são mais comuns nos guarda-roupas masculinos.

Festa

Aqui, no entanto, dependerá muito em qual tipo de festa for. As mais informais, como baladas, festas em amigos, aniversários: calça jeans ou sarja, camiseta ou camisa, sapato, tênis ou bota.

Alguns homens possuem jaquetas em seu guarda-roupa, seja ela jeans ou de couro. Aposte em uma delas para compor o look, afinal, será uma peça que irá ressaltar ainda mais a produção e mostrará todo o seu conhecimento sobre moda.

Para as mais formais: o bom e velho terno, blazer, suéter, cinto de couro (preto ou marrom), sapato e gravata (ou sem).

Trabalho

Peças: blazer, camisa social, sapato, calça de alfaiataria, cinto de couro, gravata.

Dependendo do decorrer do dia, combine peças que farão com que você não saia do estilo mesmo sem o blazer (para quando estiver muito quente). Alguns trabalhos permitem o abandono do blazer, mas outros ainda insistem na velha tradição: terno e gravata.

 

São peças que todos os homens têm no guarda-roupa, ou pelo menos deveriam ter. É hora de remexer o armário e produzir looks bacanas com as peças que possui, mostrando todo o seu conhecimento sobre moda. Afinal, um homem que se veste bem, é um homem bem visto perante a sociedade.