Dicas para acabar com o chulé durante a estação fria

Veja como eliminar o mau cheio nos pés nos dias frios

O chulé pode acometer pessoas de todas as idades e sexos, mas é mais frequente entre o sexo masculino, já que por causa do hormônio testosterona, os homens produzem mais suor e possuem o hábito mais frequente de usar sapatos fechados e meias.

Ao contrário do verão, quando seus pés experimentam momentos de liberdade descalços ou nos chinelos, no inverno eles ficam quase o tempo todo cozinhando dentro de meias grossas e botas. Quem costuma ter chulé, frieiras e micoses precisa redobrar a atenção às bases.

Depois do banho

Depois do banho, aguente frio e espere um tempo até os pés secarem antes de vestir as meia (sempre limpas, é claro, e de algodão, que absorve melhor o suor). Se for preciso, seque os vãos entre os dedos com papel higiênico ou secador de cabelo. Aplique desodorante em spray ou talco em todo o pé. Prefira sapatos de couro e evite materiais sintéticos como plástico e borracha: o couro natural permite que seus pés “respirem” e fiquem mais secos.

Pés ressecados

Se, ao contrário, seus pés ficarem secos e rachados, a dica é passar um creme hidratante potente, mais viscoso, ou até mesmo produtos para assaduras de bebês nas áreas com fissuras e rachaduras. Quer um upgrade? Embrulhe os pés com plástico filme de PVC na hora de dormir; no dia seguinte, eles vão estar bem mais hidratados. Faça isso uma ou duas vezes por semana no inverno.

Bacia com água e sal

Para quem sofre com umidade excessiva nos pés, um método bem simples é lavá-los com sal diariamente, e de maneira gradativa, vai reduzir a quantidade de suor. Prepare uma bacia com água morna, adicione cerca de 4 colheres de sal, e deixe-os mergulhados por cerca de 10 minutos. Depois de retirá-los, deixe que sequem naturalmente.

 

Transpiração excessiva nos pés pode se tornar uma bomba de fedor. As bactérias que vivem em sua pele comem seu suor, produzindo um subproduto ácido que cheira bem mal. É um processo natural, mas felizmente você pode reduzir as bactérias, criando um habitat mais seco para os seus pés.