Depilação masculina: por que apostar no Diodo de Milesman?

Veja esse processo de depilação que vem ganhando cada vez mais o público masculino

Ultimamente, os homens estão buscando cada vez mais clínicas de estética para cuidarem ainda mais do seu corpo, dentre eles a depilação. Alguns alegam que a depilação ajuda na higiene do homem, seja íntima ou não. Outros já alegam que procedimentos estéticos de depilação são um pouco desagradáveis, um pouco dolorosos. E a opinião das mulheres não se difere. Há aquelas que gostam do homem com o corpo livre de pelos, mas também há quem gosta da presença dos pelos, fazendo parte até de um desejo sexual. É uma balança equilibrada.

Porém, e para aqueles que se depilam? Com certeza passam por inúmeros tratamentos duvidosos e dolorosos para que o corpo fique sem nenhum pelo. Existe um procedimento que seja mais eficaz, com bons resultados? A aplicação do Laser de Diodo de Milesman está ganhando cada vez mais adeptos do seu uso.

Como funciona?

Esse procedimento consiste na emissão de um feixe de luz vermelha unidirecional, potente e exclusivo para a depilação a laser, que acontece em uma fração de segundos. Segundo a fisioterapeuta Katrini Knupp, da Clínica Gradual, “a máquina tem um ponteiro que vai até 5ºC, isso torna o tratamento um pouco mais indolor, porque ele refrigera o local para fazer a aplicação. É uma luz que queima. Quando o Diodo chega ao bulbo, ele está em uma temperatura de 60ºC, então vai queimar a raiz do pelo”.

É eficaz?

É um processo mais duradouro, visto que, segundo o protocolo da Clínica Gradual, é um procedimento 8 a 10 sessões. Sendo que as quatro primeiras sessões são feitas a cada 30 dias, e a partir da quarta começam os intervalos de 60 dias. Isso porque, segundo a Dra. Katrini, o homem já não começa a ter tantos pelos, crescem mais devagar. E já na primeira sessão nota-se alguma diferença, já tem resultado. Há uma queda de 20% dos pelos, já não encravam tanto e demoram mais para crescer.

Porém, e se começar a crescer novamente? O retoque só é feito a partir de um ano. E dependendo do paciente, dependerá de quantas sessões serão necessárias.

Quais áreas podem ser aplicadas? E quanto tempo leva cada sessão?

Para Katrini Knupp, vai de paciente para paciente. Caso queira fazer na região íntima, precisa assinar um termo se responsabilizando, porque há a probabilidade de ficar estéril (caso for na região dos testículos). Porém, o paciente sentirá um pouco de dor. A primeira sessão é mais tranquila, uma potência de mais segurança, mais baixa. E dependendo da área, como peito e abdômen, por exemplo, levam cerca 40 minutos; pernas completas uma hora e meia, dependendo do paciente.

Quais recomendações?

Segundo a fisioterapeuta, “o paciente tem que vir, de preferência, raspado. ‘Mas a lâmina da barbear me dá alergia’, pode passar a maquininha. Tentar vir com o pelo mais baixinho possível. Iremos delimitar a área que irá ser feito, e só será feito naquela área, independente se tem pelo ou não”.

Vale à pena?

É um processo mais viável de depilação, e está ganhando cada vez mais adeptos, principalmente o público masculino. Clínicas de estética, como a Clínica Gradual, poderão oferecer toda segurança e conforto em cada sessão da depilação, além de preço justo que cabe no bolso do paciente. Com profissionais capacitados, a clínica oferece, no mercado, um preço justo e amigável. Faça uma visita para se informar mais e, quem sabe, aderir ao procedimento. Isso porque é um investimento que, sem dúvidas, é bem investimento.

Homem moderno é o homem que se cuida.

 

CLÍNICA GRADUAL

Rua Nossa Senhora do Rocio, 1974

Toledo – PR

(45) 3254-6010