Dentista faz botox facial?

Entenda o porquê e saiba mais sobre esse procedimento

Há cerca de um ano, o plenário do Conselho Federal de Odontologia autorizou os cirurgiões-dentistas a usarem a toxina botulínica, o popular botox, e os preenchedores faciais tanto para fins terapêuticos (como já era permitido), como para fins estéticos em praticamente toda a face em seus pacientes. Os dentistas, claro, comemoraram essa regulamentação que era uma luta antiga da classe.

O que é o Botox?

O Botox é uma marca da substância Toxina botulínica derivada de bactérias, descoberta a mais de um século e utilizada desde os anos 80 para fins medicinais. O Dysport e o Prosigne são outras marcas muito utilizadas no Brasil.

Qual o papel da toxina botulínica?

“Para pacientes com queixa de sorriso assimétrico, sorriso gengival e alguns tipos de assimetrias faciais a toxina botulínica age trazendo equilíbrio muscular e harmonização estética”, diz Flávio Luposeli, dentista, diretor da Luposeli Spa Odontológico e pioneiro nessa área.

Mas o botox pode trazer ainda mais benefícios para a odontologia. “Existem pacientes com dores orofaciais de origem muscular e apertamentos dentários que quando estão em tratamento odontológico convencional podem ser controlados com toxina botulínica, sobretudo quando outros recursos não puderem ser eleitos”, diz o especialista.

Entenda essa recente regra:

Na verdade, o cirurgião dentista pode usar a toxina botulínica para fins estéticos, desde 2014. “A questão é que não estavam claros, em termos legais, os limites de atuação da odontologia na face para finalidades estéticas”, diz Flávio.

Com a nova resolução deste ano, a CFO autorizou os dentistas a trabalharem com essa substância para fins estéticos em praticamente toda face. “Na prática, agora o dentista pode atuar em toda a face em procedimentos estéticos não cirúrgicos e até a altura das sobrancelhas em procedimentos clínico-cirúrgicos”, diz o especialista.

Quanto tempo dura o efeito? Dói?

Após a aplicação, os efeitos começam a ser notados de 48 a 72 horas e em duas semanas temos o resultado total, que durará por cerca de seis meses, podendo variar entre quatro a oito meses. A dor é pouco, Um creme anestésico e/ou compressão com gelo que fazem diminuir substancialmente essa dor é aplicado antes. A medicação é injetada com agulhas muito finas nas regiões dos músculos a serem paralisados.

Consultório Odontológico Dr. Weidson Gonçalves

Rua Fortaleza, 2533

Cascavel/PR

(45) 3038-4102

(45) 99900-6671