Curiosidades que talvez você não saiba sobre a vagina

O órgão sexual feminino possui características muito além das que imaginamos

Com diversas formas, cores, aromas e tamanhos, a vagina é só mais uma das partes incompreendidas do corpo feminino. Embora ela seja símbolo máximo do desejo masculino, são poucos e raros os homens que realmente entendem da região e proporcionam o prazer adequado a ela. E se você é um daqueles machos alfas que se consideram expert no assunto, o Portal Nó de Gravata separou algumas curiosidades pra te provar o contrário. Confira!

#1 Função dos pelos pubianos

Os cabelinhos que nascem essa região estão longe de ser apenas um problema e o motivo das mulheres frequentemente se depilarem. Como tudo no corpo humano tem uma função, os pelos pubianos também! E não é só uma, são três funções críticas, e você vai conhecê-las agora: proteção contra fungos e bactérias, aviso reprodutivo para alertar potenciais companheiros que são biologicamente preparados para procriarem, é um feromônio tapete, eles aprisionam os perfumes que levam potenciais companheiros para a ‘terra prometida’. E mais uma curiosidade útil: a expectativa de vida de um fio pubiano é de apenas 3 semana.

#2 Sensibilidade

As mulheres possuem quase o dobro de terminações nervosas – responsáveis pelo prazer sexual. O clitóris feminino possui aproximadamente 8 mil terminações, enquanto o pênis apenas 4 mil.

#3 Tamanho

Ela é muito maior do que os homens pensam! A vagina em média possui de 7,5 a 10 cm de profundidade. Porém não se preocupe se você for um cara ‘avantajado’: a vagina tem a capacidade de se expandir em até 200% quando excitada sexualmente, como uma espécie de balão. Lembre-se, a vagina foi feita para nascimento de bebês, por isso é extremamente elástica.

#4 Vaginas e tubarões

As vaginas possuem algo em comum com os tubarões: amos produzem um composto orgânico chamado esqualeno, no corpo da mulher essa substância funciona como um lubrificante vaginal natural e é secretado durante a excitação.

#5 Dificuldades em sentir prazer

Apenas 30% das mulheres conseguem atingir o orgasmo através da masturbação. Elas muitas vezes não descobrem como estimular o clitóris com os dedos.

#6 Ponto G existe

Evidências crescentes sugerem que o ponto G fica bem em cima da parte profunda do clitóris. Embora os especialistas descrevam o ponto G como sendo dentro da vagina na parede anterior, um estudo recente demonstrou que os orgasmos vaginais podem realmente ser orgasmos clitorianos profundos.

#7 Ejaculação feminina

Ela existe todas as mulhres têm, só que de formas diferentes: a ejaculação feminina é a ejeção de um fluido, e ele pode ser: incolor, um pouco vistoso, sem cheiro. É produzido pelas glândulas Skene. Não esqueça: ela é uma resposta do seu corpo à excitação sexual máxima e, por isso, só acontece durante o orgasmo.