Corrida: por que devo tomar alguns cuidados antes de começar a praticar essa atividade?

Veja os cuidados que se deve tomar antes da prática do exercício físico da corrida

A corrida é uma atividade esportiva que atrai cada vez mais adeptos ao redor do mundo. Repleta de benefícios, a prática proporciona uma queima calórica considerável, de aproximadamente 600 kcal/hora e é capaz de prevenir doenças cardiovasculares, promovendo o fortalecimento do sistema imunológico. A praticidade é outro fator importante: correr é algo do instinto e natural, não requer aprendizado completamente novo. No entanto, existem alguns cuidados que devem ser tomados para que a corrida não se torne uma grande dor de cabeça.

Antes de iniciar uma prática esportiva, o ideal é que seja feita uma avaliação médica (preferencialmente com um profissional especializado em medicina esportiva). Como qualquer outra atividade física, correr manda cuidados especiais, sobretudo dos iniciantes, uma vez que o corpo precisa de tempo para se adaptar. Por isso, é necessário ter paciência e saber respeitar os limites do seu organismo.

Realizar aquecimento e alongamento muscular deve se tornar um hábito indispensável para quem deseja praticar corrida. O aquecimento é uma espécie de preparação do corpo, cujo objetivo é prevenir lesões ativando a musculatura e elevando gradativamente o fluxo sanguíneo e a temperatura corpórea. Já o alongamento, reduz a probabilidade de distensões dos músculos e aumenta a amplitude muscular durante o exercício.

Outra dica é adaptar o tênis que será utilizado durante a corrida ao tipo de pé e pisada do corredor, afinal, uma preparação adequada evita futuros desconfortos e otimiza a performance. Preze sempre pelo conforto e procure um tênis com o qual você se sinta confortável. Uma opção seria utilizar palmilhas sob medida, pois os calçados são genéricos e não são personalizados para seus pés. Com o uso de palmilhas, o calçado se tornará ideal e exclusivo para você.

Um cuidado que pode ser óbvio, mas que é negligenciado por muitos, é manter uma hidratação correta. Não espere sentir sede para beber água (a sede já é um sinal de que você está desidratando), então, beba água regularmente. Isotônicos são boas alternativas para a reposição dos sais minerais perdidos pelo organismo devido à corrida – mas vale ressaltar que a ingestão de isotônicos deve ser feita com moderação e jamais servir como um substituto da água.

A alimentação também deve ser observada, uma vez que a realização de qualquer atividade do organismo demanda energia. Jamais inicie um treino em jejum e, antes de correr, dê preferência a carboidratos e fuja de alimentos gordurosos, que são de difícil digestão.