Conceito de coworking chega a Toledo

Ambiente compartilhado com redução de custos e muito networking são os principais benefícios desta modalidade de trabalho

Alguns anos atrás, os profissionais que decidissem investir em seu próprio negócio tinham apenas duas opções para dar o pontapé inicial: alugar uma sala comercial e equipá-la ou trabalhar em casa na modalidade conhecida como home office. A primeira alternativa era rapidamente descartada pelo alto custo com o aluguel, os móveis, a internet, a luz, o telefone e todas as questões ligadas à infraestrutura, já que, como não é difícil imaginar, o jovem empreendedor tem várias boas ideias, mas quase nenhum recurso.

Restava então o home office, que apesar de ser economicamente viável, com o tempo acabava se tornando uma escolha pouco produtiva por dois motivos. Primeiro que trabalhar em casa requer uma concentração e dedicação que poucos conseguem ter. A rotina de acordar mais tarde, trabalhar de pijama, com a televisão ligada e fazendo várias pausas para um lanchinho na cozinha acaba atrapalhando muito o desempenho de qualquer profissional. Segundo que o home office traz consigo o problema do isolamento, fator que mais cedo ou mais tarde reflete na capacidade criativa e comunicacional destes empreendedores.

Como solucionar isso? Os dois únicos modelos de trabalho autônomo e para pequenas empresas que tínhamos até esses dias pareciam possuir mais defeitos do que qualidades, no entanto eram os únicos caminhos para quem queria abrir um negócio. Eram…

Há cinco anos, a região Oeste do Paraná começou a investir em espaços de coworking. Primeiro Cascavel, depois Foz do Iguaçu e agora Toledo! O conceito veio dos Estados Unidos e quer dizer, em uma tradução literal, “trabalho compartilhado”. A ideia é reunir em um mesmo espaço profissionais de diversos setores que compartilham os ambientes de uso comum e acabam ‘dividindo’ as despesas e, consequentemente, barateiam seus custos mensais.

Inspirados pelo sucesso do Cais Coworking em Cascavel – empreendimento idealizado pela administradora Claudia da Silva Frantiozi –, os irmãos Douglas Buettner e Simone Buettner decidiram trazer a marca para a cidade vizinha.

“Eu moro em Toledo há bastante tempo e também me formei aqui. Sempre vi a cidade se destacando pela veia empreendedora, apesar da maioria das pessoas só lembrar da questão agro e da produção de carne suína. Temos uma indústria fortíssima e o setor de tecnologia, pesquisa e desenvolvimento cresce a cada ano. Sem falar na área acadêmica, já que temos aqui faculdades de renome nacional que formam excelentes profissionais a cada ano. O problema é que não existia um espaço que entendesse a nova mentalidade dessa galera, que valoriza cada vez menos o que você tem e cada vez mais o que você é! Basicamente, essa é a proposta do coworking. Queremos oferecer um ambiente moderno, criativo e funcional em que o contato com as pessoas se torne o grande diferencial dos novos negócios”, explica o publicitário Douglas Buettner.

O Cais Coworking Toledo possui 12 estúdios privativos com capacidade para acolher equipes de até cinco pessoas, um ambiente específico para treinamentos, workshops, cursos e palestras, com capacidade para até 50 pessoas, duas salas de reunião ou atendimento para até 12 pessoas, cozinha compartilhada e espaço coletivo com 12 estações de trabalho. Tudo isso distribuído em uma área total de 369 m² na Avenida Celeste Muraro, 148, Bairro Tocantins. O projeto leva a assinatura da Vigore Arquitetura e a inauguração está prevista para este mês de fevereiro.

 
 




Agendamento de entrevistas:

Nathália Sartorato
(45) 9955-4600

(45) 3037-5647
Rua Paraná, 5906 – Coqueiral

Cascavel – Paraná