Como evitar odores no seu amigo?

Veja como evitar e como cuidar do mau odor do seu amigo

Ocasionalmente, o pênis pode exalar odores perceptíveis, quer pelo próprio homem, quer pela companheira. Como qualquer parte do corpo, no pênis existe transpiração, troca das células mais superficiais, esfoliação natural e colonização de bactérias que habitam nossa pele. Em situações na qual a higiene local não é realizada, o acumulo dessas condições se acumulam e produzem uma substância esbranquiçada, por vezes pastosa, com forte odor, a qual é chamada de esmegma.

A pele do pênis pode sofrer uma irritação ou inflamação ocasionada por colonização de bactérias patogênicas ou fungos, provenientes de uma relação oral, anal ou vaginal, pois sabemos que todas essas cavidades são ricas em bactérias, e nos casos no qual exista uma infecção, ou uma perda do equilíbrio entre as bactérias saprófitas e das patogênicas, pode haver uma chance de existir, após a relação sem preservativos, uma colonização na pele do pênis. Diabetes, fimose com dificuldade de retração da pele, higiene precária, ou microlesões superficiais causadas por um número maior de relações podem causar a blanopostite que se manifestam por irritação cutânea, lesões escarificadas, vermelhidão, coceira e odor forte.

Pelos motivos citados é de grande importância que o homem tenha uma ótima higiene íntima tanto quanto a mulher.

– Lave diariamente o pênis com água corrente e sabonete neutro;

– Puxe bem o prepúcio para trás e o limpe na região que fica coberta. Não se esqueça da glande;

– Para prevenir assaduras, procure enxugar o pênis após lavá-lo. No entanto, caso você já esteja sofrendo com tal problema, evite passar pomadas ou cremes sem recomendação médica;

– Apare o excesso de pelos da região peniana para não ferir a glande do pênis, já que são muitos os homens que frequentemente se queixam de ferimentos locais. Além disso, tendo pelos aparados e cortados você terá uma limpeza melhor da região;

– Lave as mãos toda vez antes de urinar, algo que poucos homens fazem, isto é, lava-se a mão apenas depois de urinar, não? Lavando a mão antes você evitará doenças, já que o pênis está limpo e sua mão contaminada;

– Após urinar, além de dar aquela conhecida balançadinha, passe papel higiênico para enxugá-lo, já que a urina em contato com a pele pode resultar em inflamação, sobretudo, para quem tem maior prepúcio e pele de maior sensibilidade;

– Lave o pênis antes e depois da relação sexual, pois a secreção vaginal pode provocar inflamações e irritações quando permanece por longo período no órgão genital.

Por vezes, essa alteração no odor é o primeiro sinal que existe uma degradação da pele local. Por isso, uma consulta a um urologista é essencial, ou dermatologista para correto diagnóstico e tratamento, que pode se estender à parceira sexual. Além de uma melhor higiene local com sabonetes neutros ou glicerinados, a recomendação de usar cuecas de algodão e repouso sexual até recuperação das defesas e condições normais da pele do pênis são fundamentais para evitar o mau odor.