Como combinar a gravata e ausentar o blazer no verão?

Escape do calor e deixe de lado o blazer. As gravatas estão aí para ajudá-lo.

Com a vinda do verão, muitos homens se sentem desconfortáveis quando necessitam usar roupas mais sociais, justamente por conta do calor. O blazer, parceiro inseparável da vestimenta, acaba ficando de lado e não sendo aderido como parte da produção ou simplesmente levado na mão. As gravatas, assim como os blazers, são indispensáveis, sendo requisitadas para um look mais sofisticado ou casual. Tanto o blazer quanto a gravata formam uma parceria que é difícil de se desvincularem. Todavia, como eu consigo tirar do meu look o blazer – só quando for extremamente necessário – e permanecer com a gravata?

Na hora de montar a produção, preste a atenção na necessidade de escapar do calor, mas que seja pertencente à casualidade, assim como as cores e desenhos da gravata. Sem o blazer, há mais dificuldade em conseguir combinar gravatas com camisas que não deixem a formalidade de lado.  Para isso, camisas com cores mais neutras e tons mais claros necessitam gravatas não tão extravagantes, que façam uma combinação monocromática ou com uma tonalidade oposta que não seja muito forte ou tons marcantes. Dependerá muito também do trabalho em autorizar camisas com mangas curtas, que são mais favoráveis para se escapar do calor. Estas, todavia, recebem uma devida atenção na gravataria: com o uso indevido da gravata, sua produção poderá se tornar informal. Para que isso não ocorra – seguindo o mesmo exemplo da de manga longa –, cores neutras e tons mais claros poderão vir com gravatas em cortes com diferentes colorações e desenhos – dependendo, claro, do tipo da sua profissão, visto que algumas apostas vêm na gravata slim (no entanto, preste atenção no tipo de camisa que usará para adequar-se à gravata).

DICA: para aqueles que não conseguem se desvincular dos blazers, e o trabalho faz do seu uso uma obrigatoriedade, algumas peças estão vindo como alta tendência para ajudar a aguentar o clima tropical do nosso país, ou seja, que são de tecido mais fresco, como é o caso, por exemplo, da lã fria. Além de dar um acabamento sofisticado ao terno, é uma boa opção para os homens de negócio que querem escapar do calor, dando a sensação térmica de até 10ºC a menos. E para a camisaria, apostar em tons mais claros é o essencial para que reflita a luz solar, e também tecidos que sejam mais frescos, como é o caso do algodão e linho.

Use o formal; não passe calor.