Barriga de cerveja associa doenças aos homens?

Entenda como a barriga de cerveja pode interferir do organismo do homem, acarretando em alguns sérios problemas de saúde

A famosa “barriga de cerveja”, comumente relacionada aos homens devido à barriga avantajada e ao hábito de consumirem cerveja, é um problema de saúde pública e merece visibilidade devido aos danos que pode causar à saúde.

Um estudo realizado pelo médico especialista em doenças cardiovasculares, Francisco Lopez Jimenez, em Rochester, nos Estados Unidos, indicou que o risco de mortalidade para homens que tem a “barriga de cerveja” é o dobro em relação aos homens que, ou são obesos, ou tem primordialmente um acúmulo de gordura subcutânea. O estudo foi realizado com 15 mil adultos, em um período de quase 20 anos, o que representa números bastante significativos.

A cerveja é uma bebida fermentada que quando consumida em excesso, leva à distensão abdominal, dando origem à famosa “barriga de cerveja”. Outro problema são os acompanhamentos, normalmente ricos em gordura. Isso aumenta as calorias e consequentemente a barriga.

Por outro lado, há grandes chances para o desenvolvimento das doenças do coração. Segundo um estudo publicado pela Annals Of Internal Medicine, foram acompanhados 15184 pessoas com mais de 18 anos ao longo de um período médio de 14 anos, período ao longo do qual se registraram 1404 mortes por doenças cardiovasculares.

E para se evitar problemas mais sérios à saúde, aliar a alimentação equilibrada a exercícios é de vital importância. Vale lembrar que excesso faz mal, já que tudo consumido em excesso vai se acumulando no organismo em forma de gordura. Por isso, maneire no consumo. Sua saúde pode estar em risco.