Autoestima masculina: por que não se frustrar com pênis pequeno?

Aprenda dicas e posições para se livrar desse incômodo

Um a cada dois homens acredita que seu pênis não é suficientemente grande e gostaria que ele fosse maior. O desconforto por ter um pênis pequeno é denominado de Síndrome do Vestiário – em referência à timidez que esses homens sentem diante de seus amigos.

Uma grande parte se sente envergonhado e não fica nu em vestiários, evita ir a piscinas, já que o tamanho representa o símbolo da virilidade para muitos homens. A extensão do pênis em repouso não tem relação com o seu comprimento quando estiver ereto e o prazer de um homem também não é proporcional ao tamanho do seu pênis. Por outro lado, muitos homens sofrem com essa característica e se martirizam.

Tamanho médio

Em média, o tamanho do pênis ereto de um brasileiro vária entre 12 e 16 centímetros.

Micropênis

O micropênis corresponde a um pênis que não ultrapassa 8 ou 9 centímetros em ereção, sem nenhuma outra anomalia associada.

Prazer e fertilidade

A pressão e receio de não satisfazer a parceira por conta do tamanho do seu pênis é considerável e, muitas vezes, você até perde de dar o segundo passo com aquela garota legal que conheceu por não querer frustrá-la e frustrar-se.

Primeiramente, é preciso desmistificar este assunto. Não é necessário ter um pinto grande para satisfazer uma mulher. “A vagina só tem sensibilidade na região que fica perto da entrada do órgão, por isso, mesmo um pênis pequeno é capaz de estimulá-la”, explica a sexóloga Aruza Ribeiro Carelli Gay, do Ambulatório de Sexologia da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Além disso, a vagina tem de 8 a 10 centímetros de profundidade e é apenas no terço externo que a mulher tem sensibilidade aos estímulos. Sendo assim, um pênis com nove centímetros é suficiente para dar prazer a uma mulher.

Melhores posições

#1

Com permanece de seis apoios, enquanto o homem, de joelhos, penetra por trás. Nesta posição, o pênis faz contato direto com a vagina e o cara pode controlar a penetração, excitando-se mais. Como a mulher esta de costas, sua bacia não atrapalha os movimentos e há um encaixe ideal entre pênis e vagina. Para dar mais prazer a mulher, o parceiro pode estimular o clitóris usando uma das mãos.

#2

Na cama, a mulher deita de costas e estica as pernas para cima. O homem, de joelho, a penetra de frente, apoiando as pernas dela em seu ombro. Esta posição proporciona uma penetração profunda, pois o púbis do homem encaixa no bumbum da mulher. Com as pernas fechadas, a mulher proporciona mais prazer.

#3

Com a mulher ainda deitada de costas e um travesseiro apoiando sua região lombar, ela entrelaça as pernas no homem, deitado sobre ela. Esta alteração de altura proporciona um ângulo de penetração mais intenso que, além de ajudar a contrair a vagina, aumenta a percepção dos movimentos do pênis durante a transa.

#4

Ainda com a mulher deitada de costas, o homem penetra de frente, sentado. Além do encaixe entre a vagina e o pênis serem perfeito nesta posição, o ângulo permite ver as expressões de prazer da parceira durante o sexo, intensificando o tesão.

#5

Com o homem deitado de costas, a mulher senta sobre ele, de frente, com os braços apoiados nas pernas do parceiro, facilitando a penetração. Nesta postura, ela controla tudo e pode escolher o quão profunda é a penetração. Você ainda pode segurar os seios de sua parceira durante o coito.

#6

A mulher deita de barriga para baixo sobre um ou dois travesseiros na altura do quadril. O homem, deitado sobre ela, penetra com mais facilidade. Com o bumbum mais arrebitado, isto intensifica o prazer do casal.

#7

Com ajuda de um banquinho ou sofá, a mulher apoia os cotovelos em um banquinho e empina o bumbum para trás, mantendo as pernas esticadas. Em pé, o homem penetra por trás. Assumindo o controle do movimento, ele pode aprofundar a penetração, aumentando o seu prazer. Se a mulher tiver flexibilidade, pode curvar seu corpo para aproximar os seios das pernas e intensificar a penetração.

#8

A mulher, deitada de costas, dobra as pernas no ar. O homem, de joelhos e de frente para ela, penetra. O bumbum da mulher apoia-se nas coxas do parceiro, deixando que ele controle o movimento e acompanhe as reações da parceira. Se a mulher abraçar as pernas dobradas, a contração da vagina potencializa o prazer feminino.

#9

Com a mulher deitada de costas e com uma perna levantada, o homem senta sobre a perna da parceira que permanece apoiada na cama e a penetra de frente. Dessa maneira, ele pode usar o peso do próprio corpo para tornar a penetração mais profunda. A posição também permite que o homem acaricie o corpo da parceira durante o sexo.

#10

Deitada de costas sobre uma mesa, com o quadril perto da borda e as pernas esticadas para cima, a mulher é penetrada de frente pelo homem, que está de pé. Durante o movimento, o homem suspende a região pélvica da parceira e controla a profundidade da penetração. É, ainda, uma posição bastante confortável para a mulher, que pode relaxar e sentir mais prazer.