Posso viajar com apenas um traje?

Aprenda que apenas uma peça bem escolhida pode ser tudo na sua viagem rápida

Vou viajar e agora o que levar? A maioria dos homens sofrem com esse dilema, pois muitos a trabalho procuram separar peças chaves para poder sobrepor com poucos itens e poder assim criar nossos trajes. Mas como posso gerenciar minha mala sem levar roupas que tome apenas espaço e que vou acabar nem usando?

Essa pergunta é um pouco complexa, pois existe vários pontos importantes que irá definir o que é importante para mim e o que é importante para você. Como assim?

Pense comigo:

Estilo? Qual meu estilo?

Local? Onde irei passar esses dias out?

Minha idade? Meu perfil pessoal é executivo? Ou descolado?

Minhas atividades? Irei a reunião? Ou a lazer?

Vou sozinho? Ou com alguém?

Essas perguntas são importantes para poder traçar uma linha tênue entre sua percepção e a mala. A proposta desse material é mostrar que um homem pode realizar uma viagem rápida com apenas um traje. PODE ISSO? Deve. Pois quando você incrementa peças democráticas sua nobreza estará garantida, seja no âmbito profissional ou no lazer, pois impõe respeito e elegância de ponta.

O blazer masculino, ou o terno de 1 – quando se usa apenas a parte de cima do terno- cria uma dinâmica clássica ao homem moderno. As cores mais terrosas não marcam tanto, por isso devem ser escolhidas nessas situações, onde você camufla sua repetição. Já a camisa, brinca com flores e cores neutras, não deixando você em cheque na sua escolha. A calça mais over posiciona seu lado empreendedor pois sua linguagem não verbal é forte em homens de meia idade, que já possuem uma vida sólida – ideal para jovens que querem receber um tratamento diferenciado. Agora que você já sabe que peças básicas, são as clássicas, fica mais fácil para entender o porquê de um homem conseguir levar apenas uma peça para sua viagem!

Caso você queira mais modelos de trajes parecidos, que tal dar uma passada na Dimazzo Maison de Toledo e Cascavel?

Confira como chegar:

– Toledo, R. Santos Dumont, 1873 – Centro

– Cascavel, R. Paraná, 2821 – Centro.